Alcoutim vai reunir profissionais do Algarve e Andaluzia em torno das bibliotecas como espaços de liberdade

Maio 23, 2024
Trata-se do II Encontro «Bibliomargens», organizado pela Rede de Bibliotecas do Baixo Guadiana, este ano acolhido pela Câmara Municipal de Alcoutim. Em plenos 50 anos do 25 de Abril, em 2024 o tema do evento versa «Bibliotecas: Espaços de Liberdade». Vai decorrer o dia inteiro a 28 de Maio, no Espaço Guadiana na vila de Alcoutim. As inscrições são gratuitas e estão abertas até dia 24.

De que modo a as bibliotecas têm um papel vital como centros de liberdade intelectual, acesso à informação e expressão cultural? Esta pergunta encerra em si mesma o mote para o evento «Bibliomargens» que reunirá bibliotecários, professores bibliotecários, professores e membros da comunidade para discutir como as bibliotecas podem promover e preservar a liberdade de várias formas. Tópicos como a importância fundamental da liberdade de informação e expressão, sendo as bibliotecas  espaços neutros que facilitam o acesso a uma ampla gama de ideias e perspetivas, o papel das bibliotecas como catalisadoras de mudanças sociais positivas, capacitando indivíduos e comunidades por meio do acesso à informação e do desenvolvimento do pensamento crítico e a importância de garantir que as bibliotecas sejam espaços inclusivos que acolham uma diversidade de ideias, culturas e identidades, vão preencher um programa que se mostra rico e diversificado.

Imagem da edição do «Bibliomargens» de 2023 que decorreu com organização Rede de Bibliotecas do Baixo Guadiana e o município de Vila Real de Santo António

Eurorregião AAA em destaque também neste encontro

A organização ao longo do programa vai dar tempo e espaço para podermos conhecer exemplos inspiradores de bibliotecas no Algarve, mas também do outro lado da fronteira: da vizinha Andaluzia. Ou seja, esta rede de bibliotecas e seus profissionais e fruidores, tendecialmente, vai crescer no espaço transfronteiriço da Eurorregião Alentejo, Algarve e Andaluzia. Para já, de Espanha vamos contactar com boas práticas  que estão ativamente envolvidas na defesa da liberdade de informação e expressão e da equidade, por meio de programas e  parcerias com organizações várias.

É de sublinhar que um dos grandes objetivos deste encontro passa pela capacitação dos participantes para uma compreensão renovada do valor das bibliotecas como espaços de liberdade e para um compromisso reiterado de proteger e promover esses princípios nas suas  práticas profissionais e nas comunidades onde vivem ou trabalham.

Sessão principal conta com a participação do escritor Carlos Brito

A sessão principal deste encontro vai ter lugar pelas 11h e terá como convidado Carlos Brito. É escritor, foi jornalista, político e um homem da resistência anti-fascista. É também o patrono da «Casa dos Condes», a biblioteca municipal de Alcoutim. É alguém que nos preencherá o imaginário com a sua experiência, nomeadamente, no que à importância da literatura diz respeito; inclusive em momentos de extrema dificuldade como aquelas que passou encarcerado nas mãos da PIDE no tempo do Estado Novo. A conversa com Carlos Brito vai ser moderada pela nossa editora Susana Helena de Sousa.

As inscrições são gratuitas e estão disponíveis até 24 de Maio aqui.

Conheça todo o programa aqui.

É de referir que este encontro é certificado como Ação de Curta Duração (ACD) pelo Centro de Formação de Associações de Escolas (CFAE) do Levante Algarvio e tem os apoios da Rede de Bibliotecas Escolares e das  Bibliotecas Municipais de Castro Marim e  Vila Real de Santo António.

A Rede de Bibliotecas do Baixo Guadiana integra as bibliotecas municipais e escolares dos concelhos de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António.

Conheça, ainda, a Rede de Bibliotecas Escolares através do seu site.


Deixe um comentário